Claudia Matarazzo lança Etiqueta sem frescura pela Planeta

 

Com um texto leve e bem-humorado, a jornalista e escritora mostra que etiqueta não é um conjunto de regras rígidas e sem sentido, mas sim um leque de ferramentas que tornam o nosso dia a dia mais agradável.

Com dicas simples para agir com desenvoltura e bom-senso nas mais diversas situações, a jornalista e escritora Claudia Matarazzo está lançando pela Planeta a edição atualizada de Etiqueta sem frescura (304 páginas, R$ 34,90), agora com noções de etiqueta, receitas inéditas da culinária Italiana e novo guia prático de etiqueta à mesa.

“Regras existem para facilitar, e não para complicar a vida das pessoas”, avisa a autora logo na introdução de Etiqueta sem frescura. O tom percorre todo o livro, escrito numa linguagem informal, quase como uma conversa com o leitor. “Num país jovem, sem tradições milenares, como o Brasil, […] não se pode esperar rigor britânico no que diz respeito à etiqueta e ao comportamento”.

O livro aborda situações comuns a homens e mulheres no mundo contemporâneo, como festas, jantares, ambiente profissional e vida pessoal, procurando sempre sugerir comportamentos que resgatem a elegância e a civilidade nas relações. E dá dicas práticas de como receber em casa (e até como organizar recepções comuns, como churrascos e pizzas), como se sair bem em viagens e, ainda, conselhos especiais para lidar com amigos, namorados, chefes, companheiros de trabalho e crianças.

Quando escreveu a primeira edição de Etiqueta sem frescura, em 1992, os celulares haviam acabado de surgir, enormes e pesados, e os computadores eram uma novidade. Vinte anos depois, muita coisa mudou, mas nem sempre para melhor, afirma Claudia: “Tivemos grandes progressos na comunicação, mas, por outro lado, houve também um enorme retrocesso na forma e na qualidade dos relacionamentos. […] Já são muito claros o descontentamento e a perplexidade da maior parte das pessoas, que se sentem constantemente em xeque com tantas inovações, pressionadas por um ritmo que muitas vezes sentem não acompanhar”.

Justamente por isso, Claudia resolveu incluir dicas sobre etiqueta, sugerindo a melhor forma de usar celulares, smartphones, rádios e outras ferramentas do mundo atual. E, em meio a esse turbilhão virtual, recomenda um tempo de reflexão. Segundo ela, é necessária uma pausa para se reconectar com os próprios desejos e prazer, o que pode parecer difícil para os mais jovens, que já cresceram sentindo esse ritmo frenético. Mas Claudia reitera que vale a pena desacelerar, ainda que só um pouquinho.

Sobre o uso de celulares, por exemplo, sugere algumas mudanças de atitude: “Pense no toque do seu celular: se você se envergonha dele em determinadas situações, quase certamente a escolha foi inadequada”. Ou: “Controlar o volume do toque é tão importante quanto adequar o próprio volume de voz: não grite”. E, para quem não se desgruda do aparelho, orienta: “Não coloque o celular sobre a mesa de refeições. Desligue para não tocar. Levantar-se para atender nesse momento é tão inconveniente quanto inadequado”.
Outra novidade desta edição é o guia de receitas que agora Claudia compartilha com os leitores. Elas foram compiladas em momentos de puro prazer, desde os almoços de domingo na casa de seus familiares aos jantares feitos para receber os amigos em seu apartamento. Com as receitas, ela recomenda que se tenha “paciência” – este é um dos ingredientes mais importantes para se alcançar a excelência em qualquer prato ou área de atuação.

Entre as receitas estão o Fumetto (caldo de peixe), a Focaccia (pão aperitivo), a massa fresca da Toscana (ravióli com recheio de espinafre e ricota), Lulas a Orbetello, Canducci (biscoitos duros para se comer com vinho santo), e muito mais.

Sobre autora
Claudia Matarazzo é jornalista formada pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Libero. Já recebeu o Prêmio Abril de Jornalismo, apresentou programas em emissoras de rádio e televisão e trabalhou em revistas como Manequim, Playboy, Elle, Você S/A e Chiques e Famosos. Atualmente, é chefe do cerimonial do Governo do Estado de São Paulo, onde, entre outras autoridades, recebeu Sua Santidade, o papa Bento XVI, e o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush. Claudia é também colunista da revista Metrópole, publicada aos domingos no jornal Correio Popular, e escreve todas as semanas no blog Fino Trato, no site http://vejasp.abril.com.br. Em breve relançará outros livros pela Planeta, além de um inédito, previsto para setembro.

Anúncios
Esse post foi publicado em Livros. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s