O Quadrinista Rafael Sica participa do projeto Conversa em Quadrinhos

 

BELO HORIZONTE [ ABN NEWS ]

Dando continuidade ao projeto “Conversa em Quadrinhos”, desta vez o Departamento de Coordenação de Bibliotecas e Promoção da Leitura da Fundação Municipal de Cultura (FMC) traz o quadrinista Rafael Sica para um bate-papo. Na ocasião, o autor lança e autografa seu livro “Ordinário”. O encontro acontece no dia 21, às 11h30 na Gibiteca Antônio Gobbo da Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte (BPIJ). A entrada é gratuita.
O “Conversa em Quadrinhos”, acontece mensalmente, com o objetivo de aproximar o leitor do autor, por meio de uma discussão sobre sua obra e profissão. O projeto já recebeu em suas edições anteriores, nomes expressivos como Laerte, Eddy Barrows, Alves e João Marcos, todos com grande prestígio de público.
Outras atividades de incentivo à leitura de HQs e difusão de informações a respeito do tema acontecem durante todo o ano nas bibliotecas sob o comando da FMC. Além disso, a cada dois anos, a Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Fundação, promove o Festival Internacional de Quadrinhos (FIQ), um dos mais importantes eventos do gênero na América Latina.
Este ano, a Biblioteca Pública Infantil e Juvenil de Belo Horizonte (BPIJ) completou 20 anos e comemorou o aniversário com novidades – passando a abrir também aos sábados e permitindo o empréstimo de HQs da Gibiteca. Agora, quadrinhos requisitados como os europeus e de super-heróis podem ser levados para casa, mediante o cadastramento do usuário. Já obras raras e de difícil reposição, estarão disponíveis apenas para consulta.
Sobre Rafael Sica e o livro “Ordinário”
image“Ordinário” é uma coletânea da série de tiras de mesmo nome, publicada por Rafael Sica em seu blog desde 2009. Essas tiras, em preto e branco e sem falas, retratam a vida na metrópole, marcada por sentimentos intensos como solidão, tristeza, medo e horror, sempre com um humor ácido e um toque de surrealismo. Nesse universo particular, e facilmente reconhecível, criado por Sica, questiona-se a vida urbana e o comportamento do homem contemporâneo de um modo quase tragicômico.
O quadrinista teve seu trabalho publicado em revistas como “Piauí” e “+Soma”, no caderno Folhateen da Folha de S.Paulo e no fanzine “Tarja Preta”. Vencedor de dois prêmios HQ Mix (Desenhista Revelação e Web Quadrinhos), Sica é considerado um dos mais influentes quadrinistas brasileiros da nova geração. O reconhecimento de seu trabalho aconteceu em 2009 quando foi convidado a expor treze desenhos inéditos, feitos a lápis na exposição “Cinza-Choque”, apresentada no Museu do Trabalho em Porto Alegre.
Serviço:
Blog: Rafael Sica – Ordinário

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s