Escritores colombianos estão confirmados na Flip 2011

 

Os escritores colombianos Héctor Abad e Laura Restrepo confirmaram presença na 9ª Edição da Festa Literária Internacional de Paraty (Flip). Eles irão apresentar no evento seus livros mais recentes, com temática semelhante.

A “Ausência Que Seremos”, de Abad, e “Heróis Demais”, de Restrepo, tem como pano de fundo a militância contra as ditaduras na Colômbia e na Argentina, respectivamente. As obras refletem sobre as marcas deixadas na geração dos pais, que viveram aquele período, e na dos filhos, que guardam apenas lembranças, num jogo de memória em que realidade e ficção se confundem nas narrativas.

Laura Restrepo é escritora, jornalista e militante política, conhecida dos brasileiros por A Noiva Escura (2003) e Delírio (2008). Virá ao Brasil para divulgar Heróis Demais, a ser lançado pela Companhia Das Letras, em maio. O livro é ambientado no período da ditadura Argentina, entrelaçando as histórias de uma mãe, escritora colombiana, que vai com o filho a Buenos Aires em busca do pai, que por sua vez, é um militante comunista argentino, que a abandonou grávida para se engajar na luta política.

Nascida em Bogotá, em 1950, Laura é formada em letras e filosofia pela Universidad de los Andes. Tem livros traduzidos em mais de 12 idiomas e vários prêmios, entre eles, o Sor Juana Inês de La Cruz (México), pelo romance Dulce Compañia (1995).

Héctor Abad nasceu em Medelín, em 1958, e seu primeiro livro publicado no Brasil, A Ausência Que Seremos, será lançado em junho pela Companhia Das Letras. A obra, que conquistou o prêmio Casa da América Latina em Portugal no ano passado, é um relato sobre a vida do pai do escritor, o médico Héctor Abad Gómez, que combatia a miséria, defendia medicina preventiva e foi assassinado por paramilitares em 1987. Em tom memorialístico, o livro traça o panorama de uma época e cria o elo entre pai e filho, entre passado e futuro.

O autor chegou a cursar medicina, filosofia e jornalismo, antes de se graduar em literatura na Itália. É colunista do jornal El Espectador, tem uma dezena de livros publicados e premiados em vários países.

Junto com Héctor Abad e Laura Restrepo, a Flip 2011 – que homenageia um dos ícones do modernismo literário brasileiro, Oswald de Andrade – já tem confirmadas as presenças dos escritores Michel Houellebecq, João Ubaldo Ribeiro, James Ellroy, Antonio Tabucchi, Claude Lanzmann, David Remnick, Joe Sacco, Emmanuel Carrère, Andrés Neuman, Valter Hugo Mãe e Pola Oloixarac. Todos estarão reunidos em Paraty entre os dias 6 e 10 de julho

Leia mais: diariodovale.uol.com.br

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s