Escritor brasileiro narra ‘dia mais tenso’ dos protestos no Egito

 

São Paulo – O escritor brasileiro Mamede Jarouche conta que esta quarta-feira (2) foi o dia mais tenso desde que começaram as mobilizações populares no Egito. A ação violenta de manifestantes favoráveis ao ditador Hosni Mubarak pela manhã e a presença de policiais hostis nas ruas fez pesar o clima na capital Cairo.

Responsável pela primeira tradução ao português, diretamente do árabe, do Livro das mil e uma noites, ele chegou ao Egito no dia 22 de janeiro, véspera do início dos protestos contra Mubarak. Desde então, o movimento cresceu e culminou, na terça-feira (1º), em atos que reuniram centenas de milhares de pessoas em todo o país.

Veja a  entrevista completa na Rede Brasil Atual:  http://migre.me/3Omrw

Anúncios
Esse post foi publicado em Escritor e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s